12/06/2024 11:47

Novo Accord híbrido: luxo, avançada tecnologia e eficiência energética

Sofisticado, o Honda avança no conforto, na segurança e na sustentabilidade

O novo Accord híbrido, inovador, chega com luxo, avançada tecnologia e eficiência energética. Sofisticado e bem completo, na 11ª geração, o Honda avança no conforto, na segurança e na sustentabilidade com eficiente conjunto propulsor híbrido. Topo de linha da marca japonesa no país, em versão única, o Honda Accord Advanced Hybrid tem preço sugerido de R$ 324.900.

O visual mantém o conceito de design sóbrio, aerodinâmico e com linhas fluidas.  O conjunto óptico afilado com faróis, luzes diurnas (DRL) e sinalizadores full LED é separado pela generosa grade em preto brilhante. O capô e o para-choque completam o conceito da frente baixa e larga.

As rodas aro 18 polegadas pintadas em preto com a superfície exterior polida, equilibra sofisticação e esportividade. Os pneus de perfil baixo são 235/45 R18.  Na traseira, as lanternas afiladas bipartidas também em LED são ligadas por uma barra luminosa com o H da Honda ao centro.

O interior combina o espaço com luxo, acabamento com materiais premium e avançada conectividade.  O quadro digital de instrumentos com tela TFT de 10,2 polegadas é configurável pelos comandos do volante.  Mostra também as informações do conjunto propulsor, regeneração de energia e bateria. O head up display de seis polegadas projeta as principais informações no para-brisa.

A multimídia flutuante tem tela de 12,3 polegadas sensível ao toque e comando por voz, interativa com Android Auto, Apple CarPlay  e aplicativos. O sistema de som premium Bose com 12 alto-falantes, quatro entradas USB-C iluminadas, das quais duas para o banco traseiro e recarga do celular por indução valorizam o interior. A plataforma de conectividade myHonda Connect reúne informações, segurança e controle do veículo. A distância, de forma remota, permite pelo celular a operação de diversas funções do carro.

Propulsão sustentável

O conjunto propulsor do Accord Advanced Hybrid combina um motor a combustão com dois elétricos, um de tração e outro para geração de energia, com a transmissão automática e-CVT.

O motor a combustão quatro cilindros 2.0 16V, de ciclo Atkinson, a gasolina, gera 145 cv e força (torque) de 19,2 kgfm.  O elétrico de tração libera 184 cv e força de 34,1 kgfm. A potencia combinada é de 207 cv.

O sistema e:HEV possui três modos de operação: EV Drive (100% elétrico), Hybrid Drive (elétrico e combustão) e Engine Drive (combustão). A alternância é automática e acompanha variáveis como topografia, acionamento do acelerador, nível de energia nas baterias, entre outros.

O Accord híbrido tem quatro modos direção: Econ, Normal, Sport e Individual com ajustes determinados pelo condutor.

Pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, o Accord híbrido tem consumo urbano de 17,8 km/l e rodoviário de 16,1 km/l.

Avançada segurança

O novo Accord traz o pacote de segurança Honda Sensign. Com oito airbags – frontais, laterais, de cortina e de joelhos, soma recursos como câmera de 90º, radar e sensores com varredura de 120º, controle eletrônico de velocidade adaptativo, sistemas de frenagem para mitigação de colisão, de assistência de permanência em faixa, de mitigação de evasão de pista e farol alto automático..

O monitor de atenção do motorista, os assistentes de tração e estabilidade e de partida em rampa, o sistema de luzes de emergência em frenagens severas, câmera de ré multivisão com linhas dinâmicas, sensor de pressão dos pneus, a assistente para redução de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e sistema Isofix, entre outros, completam os recursos de apoio à condução e à segurança.

Prata Esterlina metálico, preto Cristal e branco Topázio perolizados são as cores disponíveis do novo Accord. O interior será cinza claro na cor externa branco Topázio perolizado, e preto nas demais.

O Accord híbrido tem três anos de garantia, sem limite de quilometragem. O conjunto elétrico (baterias e motores) tem garantia de oito anos ou 160.000 mil quilômetros

Fonte: GZH

Veja também