12/06/2024 11:31

Veja o ranking das 100 cidades mais ricas do agronegócio no Brasil

A lista dos 100 municípios mais ricos do agronegócio no Brasil foi divulgada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária; confira

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) acaba de divulgar os 100 municípios mais ricos do Brasil no agronegócio, com base na pesquisa anual do IBGE da Produção Agrícola Municipal (PAM) referente a 2022.

A análise considerou critérios como área colhida, produção, valor da produção das lavouras e rendimento.

No topo da lista, entre os 5.563 municípios que foram analisados, encontram-se municípios como Sorriso (MT), Campo Novo do Parecis (MT), Sapezal (MT), Rio Verde (GO) e São Desidério (BA).

Essas localidades desempenham um papel fundamental na produção de algodão, milho e soja no Brasil.

Os resultados da pesquisa revelam que o ano de referência registrou recordes tanto em produção quanto em valor da produção.

A produção total atingiu a marca de 263,8 milhões de toneladas, abrangendo uma área de 90,4 milhões de hectares.

O valor da produção das lavouras permanentes e temporárias alcançou impressionantes R$ 830,09 bilhões.

Os municípios mais ricos abrangem uma área total de 30,156 milhões de hectares, o que equivale a 34,2% da área total de 90,4 milhões de hectares.

Além disso, eles contribuem significativamente, representando 34,71% do valor da produção agrícola no país, gerando um total de R$ 288,13 bilhões.

Top 100 do agronegócio nacional

A concentração dos 100 municípios mais ricos é predominantemente na região Centro-Oeste, com 41 municípios em Mato Grosso, 14 em Goiás, 11 no Mato Grosso do Sul e um no Distrito Federal (Brasília).

Adicionalmente, Minas Gerais contribui com 11 municípios, enquanto a Bahia possui 7 municípios na lista.

No Paraná, destacam-se três municípios: Guarapuava, Tibagi e Cascavel. Além disso, São Paulo e outros estados também estão representados na lista.

Fonte Canal Rural

Veja também