23/06/2024 10:39

8 curiosidades sobre Alan Wake 2, o game com gráficos surpreendentes

Desde o lançamento de Alan Wake em 2010, os fãs têm clamado por uma continuação para a saga do escritor de thriller psicológico que se encontra no centro de um mistério sobrenatural. Finalmente, a Remedy Entertainment, a desenvolvedora do jogo, atendeu a esse desejo ao anunciar Alan Wake 2.

O jogo foi lançado há poucos dias e mesmo que seja bem exigente para rodar nos computadores, as críticas estão sendo bem positivas. Neste artigo, vamos abordar algumas das curiosidades sobre o aguardado Alan Wake 2.

Confira 8 curiosidades sobre o jogo:

1 – Não é preciso jogar o primeiro para jogar o Alan Wake 2

Embora Alan Wake 2 seja uma sequência para o primeiro jogo, ele também foi feito pensando nas pessoas que não tiveram essa experiência, então a Remedy revelou que dá para jogar mesmo sem conhecer a história anterior. Novos jogadores ainda conseguem entender e aproveitar a história.

Já para quem jogou o primeiro, a experiência é ainda mais completa já que é possível encontrar diversas conexões e até mesmo a familiaridade com o personagem principal.

De acordo com o site oficial do jogo, essa é a sinopse:

“Saga Anderson, um perfilador do FBI com a reputação de resolver casos insolúveis, chega a Bright Falls para investigar uma série de assassinatos ritualísticos. O caso se transforma em um pesadelo quando Anderson descobre páginas de uma história de horror, uma história de horror que começa a se tornar real…

Alan Wake, um escritor perdido aprisionado em um pesadelo além do nosso mundo, escreve uma história sombria para moldar a realidade em uma tentativa desesperada de escapar. Perseguido por um horror insaciável, Wake luta para manter sua sanidade e derrotar o diabo em seu próprio jogo.

Anderson e Wake, dois heróis em duas jornadas desesperadas. Duas realidades separadas conectadas de maneiras que nenhum deles pode entender. Ecos se tornam reflexos. Reflexos que podem se alcançar. Presos em uma história de horror onde só existem vítimas e monstros, eles podem se tornar os heróis de que precisam para escapar?”

2 – O jogo já conta com 2 expansões confirmadas

Além do jogo original, a Remedy já confirmou que Alan Wake 2 já conta com duas expansões confirmadas, sendo elas “Night Springs” e “Lake House”. Elas deverão ser lançadas a partir do segundo trimestre do ano que vem, 2024, mas essa data pode ser antecipada.

Quem adquirir a versão Deluxe do jogo já contará com as expansões quando elas forem liberadas, sem nenhum custo extra. Mas quem comprou a versão Standard deverá comprar as expansões por fora como compra individual.

A primeira DLC é a “Night Springs”, e de acordo com as descrições do site oficial, ela permitirá que o jogador possa controlar outros personagens do mundo de Alan Wake com episódios independentes de um programa de TV fictício chamado Night Springs. Confira as informações passadas:

Visões e sonhos. A ficção é escrita e se torna realidade. A ficção desmorona e permanece apenas palavras em uma página. Essas são essas histórias… em Night Springs. Jogue como vários personagens familiares do mundo de Alan Wake e experimente o inexplicável em vários episódios autônomos de Night Springs, um programa de TV fictício ambientado no mundo de Alan Wake.

Já a segunda expansão será a “Lake House”, acontecerá nas margens do Lago Cauldron, em uma casa usada por uma organização governamental para realizar algumas pesquisas secretas. Aqui está a tradução:

Lake House é uma instalação misteriosa situada nas margens do Lago Cauldron, criada por uma organização governamental independente para conduzir pesquisas secretas… até que algo dê errado. Explore a Lake House e embarque em duas aventuras separadas à medida que as realidades de Saga Anderson e Alan Wake colidem novamente.

3 – Alan Wake 2 só tem versões digitais

Mesmo que hoje em dia muitos jogos vendam mais em versões digitais, jogadores colecionadores ou que preferem mídia física ainda gostam de ter o jogo literalmente em mãos. Nesse caso, infelizmente, não será possível. De acordo com a Remedy, não existe nenhum plano atualmente para lançar uma versão física de Alan Wake 2.

De acordo com eles, existem diversas razões para essa escolha. A primeira é que muito jogadores preferem o jogo digital, principalmente porque existem versões do PlayStation 5 e do Xbox Series (no caso o modelo S) que só aceitam mídia digital, e por isso não é tão fora do comum optar por só lançar essa versão do jogo.

A segunda é que eles revelaram que lançar apenas versão digital do jogo ajuda a diminuir o custo dele, mantendo o preço mais em conta do que se tivesse também opção de mídia física.

“Finalmente, não queríamos enviar um produto em disco e exigir um download para o jogo — não acreditamos que isso resultaria em uma ótima experiência.”

4 – Alan Wake 2 é um dos primeiros jogos a aproveitar ao máximo a DX12 Ultimate

Há alguns dias, antes do lançamento do jogo, a Remedy revelou quais seriam os requisitos para que ele rodasse nos computadores, o que acabou gerando bastante burburinho. Isso porque esses requisitos eram bem altos, e nem todo mundo vai poder curtir o título por isso.

Mas é um preço a se pagar. O jogo exige placas de vídeo que tenham suporte ao mesh shaders, o que exclui algumas como a série NVIDIA 10 e a AMD 5000. Isso faz com que o jogo seja um dos primeiros a tirar o maior proveito da DX12 Ultimate, a API da Microsoft que promete trazer mais níveis de realismo aos jogos com tecnologias gráficas mais recentes.

5 – O jogo foi produzido por uma equipe de 130 pessoas

O diretor de comunicações da Remedy, Thomas Puha, revelou alguns meses antes do lançamento do jogo que Alan Wake 2 foi desenvolvido por uma equipe composta por apenas 130 pessoas. O projeto levou 4 anos para ficar pronto e ele parecia muito satisfeito com o resultado final, afirmando que a qualidade era incrível.

“Também direi que de alguma forma estamos concluindo este jogo com cerca de 130 pessoas em média durante cerca de 4 anos de desenvolvimento (embora o tempo de desenvolvimento seja um termo muito elástico) para o nível de qualidade que obtivemos, é incrível. Estamos muito, muito longe dos recursos originais ou de outros grandes estúdios”

Ele disse que durante esses 13 anos desde a concepção do jogo e o lançamento, o título passou por 5 conceitos diferentes, então muitas ideias foram criadas e descartadas nesse caminho e até mesmo usadas em outros jogos do estúdio

6 – Semelhanças com Resident Evil? Não é coincidência

Quem já jogou as versões novas do Resident Evil certamente acabou notando algumas semelhanças de gameplay e ambientações em Alan Wake 2, e não é a toa. Em uma entrevista, o co-diretor do jogo, Kyle Rowley, confirmou que eles se inspiraram na franquia clássica de terror da Capcom, principalmente nos jogos mais recentes como Resident Evil 7: Biohazard, os remakes de Resident Evil 2 e 3 e Resident Evil Village.

Eles revelaram que alguns detalhes foram inspirados na sala, não apenas a perspectiva de câmera ou até mesmo ritmo de jogo, mas também a ambientação mais claustrofóbica em alguns momentos e até mesmo os embates com os inimigos.

“Perspectiva da câmara e coisas do tipo. Sim, há boas referências aos jogos recentes de Resident Evil que examinamos. Mas não apenas porque ‘ah, sabe, funcionou com eles’. É mais algo do tipo ‘como é que isto nos ajuda a construir o tipo de experiência que queremos?’. Mais claustrofóbica, fazendo o jogador se sentir mais vulnerável, fazendo com que os inimigos se sintam mais físicos e perigosos”

7 – Alan Wake 2 não está na Steam

A Steam é a plataforma de jogos para computador mais famosa no mundo todo, e por isso sempre que um grande jogo é lançado para computadores muitos jogadores correm pra lá. Porém, com Alan Wake 2, a busca não vai oferecer nenhum resultado já que o jogo é um exclusivo da Epic Games Store, uma plataforma mais nova, mas que vem conquistando seu espaço nesse mercado.

O motivo é bem simples e direto, acontece que a Epic Games financiou o desenvolvimento do jogo, e em troca pediu para que ele fosse um exclusivo da sua plataforma, pelo menos no lançamento. Além disso, a Epic Games também financiou o desenvolvimento da versão Remaster do primeiro Alan Wake.

8 – Alan Wake 2 tem ligações com Control

Assim como acontece nos filmes, onde diversos títulos acontecem em um mesmo universo, isso também pode acontecer com os jogos e essa é justamente a intenção da Remedy. O estúdio criou seu próprio Universo Conectado, e isso faz com que ambos os jogos Alan Wake sejam ligados também a outro jogo de sucesso deles, o Control.

Isso porque durante o lançamento de Control, em 2019, eles confirmaram que o jogo se passava no mesmo universo e linha temporal de Alan Wake, lançado em 2010. No jogo Control é possível encontrar easter eggs nos textos e ele ainda ganhou uma DLC que foi focada justamente em conectar os dois jogos.

E, claro, com a sequência de Alan Wake, mais referência a Control poderão ser encontradas no jogo.

Fonte: hardware

Veja também