14/06/2024 06:34

Caçapava Declara Situação de Emergência devido ao Aumento dos Casos de Dengue

Caçapava, enfrenta uma crise de dengue com quase 200 casos confirmados em pouco mais de dois meses deste ano. O Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, demonstra uma capacidade notável de adaptação.

A gestão municipal de Caçapava (SP) tomou a medida de declarar situação de emergência devido à epidemia de dengue na cidade. Até a data de terça-feira (5), conforme dados divulgados, foram confirmados 194 casos, motivando o decreto publicado no Diário Oficial.

O documento justifica a emergência devido ao “elevado número de notificações dos serviços de saúde do município para quadros clínicos de dengue, elevando situação de epidemia”.

Como resposta à situação, o decreto autoriza ações administrativas de combate ao mosquito Aedes aegypti, a aquisição de insumos e materiais necessários, além da contratação de serviços para controlar a disseminação da doença. Todas as medidas relacionadas ao combate à epidemia terão trâmite de urgência e prioridade.

Antes de Caçapava, outras cinco cidades da região do Vale do Paraíba já haviam decretado situação de emergência por dengue: Taubaté, Pindamonhangaba, Jacareí, Guaratinguetá e Santa Branca.

Os sintomas da dengue incluem dor de cabeça, febre alta, dor no corpo e articulações, falta de apetite, fraqueza, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas no corpo. É importante ressaltar que o aparecimento de manchas vermelhas na pele está associado à febre hemorrágica da dengue.

Para prevenir a propagação da doença, é fundamental não permitir água parada, usar telas em janelas, descartar pneus velhos corretamente, colocar areia nos pratinhos das plantas, manter as calhas desobstruídas e deixar a caixa d’água sempre fechada e limpa.

Veja também