13/06/2024 07:12

Fritura sem óleo? Saiba como funciona a tecnologia da Airfryer

Nos últimos anos, as fritadeiras elétricas se popularizaram entre os amantes de itens para cozinha. Afinal, prometem praticidade em diversos preparos, além de dispensar grandes quantidades de óleo para fazer frituras – aquelas em imersão que todo mundo ama!

Mas você sabe exatamente qual a mecânica desse eletrodoméstico? Se ainda não entende como a airfryer funciona, fique ligado em tudo o que abordaremos logo abaixo para se surpreender. Aproveite!

Como é o funcionamento da airfryer?

Embora sejam chamadas de fritadeiras elétricas, as airfryers nada mais são do que um pequeno forno com potência mais alta e tamanho compacto. Esse forno utiliza uma espécie de ventilador interno que passa por uma resistência aquecida para cozinhar os alimentos e deixá-los crocantes, como se tivessem sido fritos, mas sem a necessidade do óleo.

Dentro do dispositivo, o ventilador se movimenta com muita velocidade. E por produzir um ar bem quente, consegue deixar tudo o que você colocar dentro da fritadeira bem cozidinho, levando em consideração a temperatura e o tempo previamente selecionados.

É importante se lembrar que, quanto maior a potência do seu eletrodoméstico, mais rápido ele poderá cozinhar sua receita. Há diversas pessoas na internet que compartilham seus resultados, indo muito além de alimentos que geralmente são fritos em óleo por imersão.

Não é difícil encontrar, por exemplo, receitas de frango assado, gratinados, lasanhas e até arroz. Existem casos até de tortas, bolos e pudins sendo preparados com o auxílio da fritadeira elétrica. Por ser bastante versátil, ainda consegue entregar pontos de cocção surpreendentes.

A airfryer também é muito famosa por possibilitar a pessoas que não conseguem preparar suas próprias refeições com facilidade. Afinal, basta colocar tudo dentro do cesto da fritadeira e aguardar ficar pronto, de acordo com o timer configurável do aparelho.

Em linhas gerais, pode-se dizer, portanto, que a airfryer é como um forno mais veloz, que utiliza a técnica da convecção para cozinhar os alimentos. Para ser viável, esse processo utiliza água ou ar quente para concluir seu objetivo. E como vimos, as fritadeiras elétricas utilizam o ar quente em alta velocidade para deixar tudo no ponto ideal.

Como foi a evolução da airfryer?

Muitos são os detalhes que precisam ser levados em consideração ao escolher a melhor airfryer para comprar neste ano. Entre os pontos mencionados, também é importante notar quais são os itens complementares que vêm junto dela, pois podem fazer a diferença.

Atualmente, há diversos modelos de airfryer disponíveis no mercado de eletrodomésticos. Todos eles já vêm equipados com novidades tecnológicas imperdíveis, mostrando que esses dispositivos evoluíram muito para atender às principais necessidades da população.

Talvez seja por isso que, nos últimos meses, seja muito fácil encontrar uma grande variedade de receitas realizadas nas fritadeiras elétricas, como as fritadeiras elétricas sem óleo digitais. Um progresso e tanto, né?

Qual a desvantagem da airfryer?

E mesmo com diversos pontos positivos, uma airfryer também pode desagradar algumas pessoas. Entre as principais reclamações observadas pelos consumidores é a capacidade mais limitada, visto que as fritadeiras elétricas chegam, geralmente, a variar seu tamanho de 3 a 20 litros.

Portanto, é um item que pode ser bastante útil, mas não em grandes quantidades. Talvez seja necessário fazer os preparos aos poucos – algo que pode desanimar muitas pessoas.

Outro ponto que também gera alguns transtornos é a quantidade de energia gasta pela fritadeira elétrica. Conforme o próprio nome orienta, ela necessita estar ligada a uma tomada para funcionar e acaba puxando bastante energia dependendo de sua potência e voltagem.

Apesar disso, há muito mais vantagens de se ter uma airfryer, pois ela pode ser econômica em diversos casos, seja em termos financeiros ou de tempo, pode ser ágil na preparação de muitas receitas, e também é muito fácil de se limpar e higienizar.

É saudável fazer comida na airfryer?

Juntos dos pontos positivos e negativos, você deve estar se perguntando: é saudável fazer preparações na airfryer com alguma frequência? A resposta é: depende. Depende muito de quais alimentos você consome e quais são suas necessidades nutricionais.

De maneira ampla, é possível garantir que o desempenho de uma fritadeira elétrica vai ser muito melhor e mais saudável do que fritar alimentos por imersão. Lembrando que uma airfryer consiste em um forno mais compacto e mais veloz. Logo, pode-se dizer que assar é mais saudável que fritar.

Existem muitas possibilidades para uma airfryer que irão garantir praticidade, conforto e sabor em suas receitas. Nossa dica é falar com um profissional da área de nutrição para saber o que consumir e o modo de preparo, visto que existem certos alimentos que podem perder valor nutricional dependendo da maneira como são cozidos.

O que dá para fazer no airfryer?

Neste texto, ficou bem evidente que a criatividade na cozinha vai ser o principal fator para descobrir o que fazer na fritadeira elétrica. A partir disso, pense em todas as frituras que você gosta e tente reproduzi-las na airfryer. Batata, mandioca, bolinhos de todos os tipos e até pastel. Esses são apenas algumas das receitas preferidas da galera nesse item tão incrível.

Porém, ao longo do que foi exposto até aqui, você pode notar que o céu é o limite, visto que bolos, tortas e outras coisas que até parecem impossíveis já foram cozidas na airfryer. Tudo depende da sua disposição e vontade de fazer acontecer.

Por esse motivo, pesquise algumas receitas pela internet, troque figurinhas em grupos de mensagens ou redes sociais com amantes de fritadeiras elétricas e aproveite para fazer refeições deliciosas!

Fonte: TecMundo

Veja também