08/06/2024 23:13

Minas Gerais ganha primeiro azeite extravirgem certificado

O azeite Monasto, produzido na Fazenda Santa Helena, em Maria da Fé, é o primeiro azeite extravirgem certificado em Minas Gerais

azeite Monasto, produzido na Fazenda Santa Helena, em Maria da Fé, é o primeiro azeite extravirgem certificado em Minas Gerais. A certificação foi concedida pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O azeite Monasto é produzido com azeitonas da cultivar Arbequina, uma das mais apreciadas do mundo.

A produção é artesanal e o azeite é prensado a frio, preservando suas propriedades nutricionais e organolépticas.

Para obter a certificação, o azeite Monasto passou por uma rigorosa auditoria, que avaliou os aspectos de qualidade, rastreabilidade, sustentabilidade e boas práticas de produção.

A certificação é uma garantia de que o azeite Monasto atende aos mais altos padrões de qualidade e segurança alimentar.

O azeite Monasto é comercializado em todo o Brasil e já foi premiado em diversos concursos nacionais e internacionais.

Crescimento da olivicultura em Minas Gerais

A produção de azeite de oliva em Minas Gerais cresceu significativamente nos últimos anos.

Em 2023, a área plantada de oliveiras no estado se aproxima a 3 mil hectares, com cerca de 1,2 milhão de plantas. Além disso, existem aproximadamente 90 marcas de azeites produzidos na região.

O crescimento do setor é notável, com uma taxa de expansão de cerca de 20% ao ano.

Diversos fatores impulsionam esse crescimento, incluindo o clima favorável, o solo fértil e a crescente demanda por produtos saudáveis.

Como aderir ao programa Certifica Minas

A adesão ao Programa Certifica Minas é voluntária e qualquer produtor rural, agroindústria ou cooperativa que comercializa produtos agropecuários no estado de Minas Gerais pode aderir ao programa.

Os interessados devem possuir inscrição estadual em Minas Gerais e requerer ao IMA a adesão ao Programa referente ao produto agropecuário de seu interesse, acessando o site www.ima.mg.gov.br, onde são detalhadas todas as etapas da certificação.

Os produtores da agricultura familiar que desejam aderir ao Programa devem seguir os mesmos passos que os demais produtores. No entanto, eles são isentos das taxas. A certificação gratuita para produtores da agricultura familiar é uma iniciativa do Governo de Minas Gerais para apoiar a produção de alimentos saudáveis e sustentáveis.

Fonte: Canal Rural

Veja também