23/06/2024 10:23

Doutor em Educação questiona política de inclusão total adotada em escolas brasileiras

O pesquisador e ativista Lucelmo Lacerda traz à tona a controvérsia em torno da inclusão total nas escolas do Brasil, destacando a necessidade de repensar as práticas educacionais vigentes.

Em seu livro “Crítica à Pseudociência em Educação Especial”, publicado pela editora Luna Edições, Lacerda expõe as falhas da atual política de inclusão, que enfoca a integração de crianças e adolescentes com necessidades especiais apenas em salas de aula regulares.

Enquanto a teoria preconiza a inclusão como um avanço social, na prática, a falta de estrutura nas escolas públicas brasileiras cria uma lacuna de aprendizado, limitando o progresso dos alunos que mais necessitam de suporte.

Lacerda destaca a polarização entre a Inclusão Total e a Educação Inclusiva, apontando a necessidade de encontrar um equilíbrio entre a integração social e o suporte pedagógico individualizado.

A política de Inclusão Total, endossada pela Política Nacional de Educação Especial (PNEE) do MEC, é criticada por Lacerda.

Mariana Baia

Veja também